Anuncios

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

WINDOWS - Como descobrir o WWN do servidor


Boa noite pessoal, tudo bem?

Bom a dica de hoje é referente a um problema que temos quando alguém nos solicita algumas informações que não são muito corriqueiras.
Hoje vou mostrar como capturar o WWN das interfaces HBA de um servidor com Windows.
Vale lembrar que, para toda HBA (Emulex ou Qlogic) existe um driver do fabricante com um utilitário para este tipo de atividade inclusice rescan de devices, verificação do status do link, etc e que com certeza é o mais adequado.

Primeiro, acesse o site: http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=17530

Acessando o link você terá acesso no Download Center da Microsoft no item: Fibre Channel Information (FCINFO).





Baixando este utilitário em qualquer pasta do servidor, você deve navegar até ele pelo command (CMD):

E executá-lo.

Ele irá trazer a informação da seguinte forma:
c:\fcinfo
There are 2 adapters:
com.emulex-LP1015-HP-0: PortWWN: 10:00:00:00:12:13:23:6a
com.emulex-LP1015-HP-1: PortWWN: 10:00:00:00:12:13:23:6b

Pronto aqui está os WWNs do servidor.

Abraços e até a próxima.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

LINUX - Bash history com data e hora macarda!



Boa noite pessoal, tudo bem?

Em muitas empresas, escolas ou mesmo em casa, temos uma difícil tarefa de compartilhar um computador, um notebook, um tablet, enfim, temos hoje em dia que aprender a compartilhar praticamente tudo. (Espaço no ônibus, trem e metrô nem estou considerando ok? rs)...

Brincadeiras à parte, uma rotina muito comum em ambiente de informática é termos a administração de servidores e serviços/aplicações compartilhadas e isso não é muitas das vezes fácil.

Quando temos um ambiente ok, funcionando corretamente e não tendo impacto em nada, ótimo todos estamos felizes.
Agora imagina quando acontece algum problema?
Seja ele um load alto, um espaço em disco que acabou do nada, uma parametrização que fez minha aplicação ficar estranha e por aí vai.

Bem, de quem é a culpa? Quando foi que isso começou? Que comando executaram que fez isso??

Bom aqui mora o problema, pois vem a passagem de bastão do:
- Ahhhhhh foi você!!!
- Não, só pode ter sido o cara da aplicação!!!! Ele que ativa os debugs e acaba com tudo.
- Nada disso. Deve ter sido aquela empresa de tunning no ambiente que pediu a senha de root.

E isso vai se prolonga até resolver o problema com todo mundo colocando a mão no servidor, até acontecer tudo novamente e virar um ciclo.

Lembrando que em servidores o legal e correto é termos usuários específicos para cada rotina, cada usuário ou grupo de trabalho, permissões apropriadas, etc. Temos um recurso muito legal no bash que é a opção de colocarmos data e hora para saber quando um comando foi executado. Isso ajuda muito, pois ao bater o olho em um comando podemos saber e filtrar o estrago que ele fez e ter um tempo menos de problema no servidor e talvez internamente.

Vamos lá:

Edite o .bashrc:
vim $HOME/.bashrc

Adicionar as seguintes linhas:
export HISTTIMEFORMAT= %h/%d - %H:%M:%S

Feito isso, com o comando history podemos ter uma saída do tipo:
11 Sep/08 – 12:26:13 grep error /var/log/messages

Hummmm legal, mas se eu precisar exportar esta lista de sequências e o cara ficou digitando várias vezes o mesmo comando e eu preciso da evidência de apenas um?

Basta adicionar a linha:
export HISTCONTROL=ignoreboth

Mas ainda não "tá"legal ... Preciso de um histórico maior. Tem como?

Sim tem.

export HISTSIZE=1000

Espero que essa dica ajude na auditoria de vocês quando necessário.

Abraços! 

SAN - Timeout ssh brocade

Fala ae pessoal, tudo bem?
Espero que sim.

Hoje dando sequência numa dica rápida e objetiva, vou mostrar como alterar o paramêtro de timeout SSH em switches FC Brocade.

É realmente desagrádavel quando você precisar fazer alguma ativação, configuração ou mesmo análise e precisa deixar vários terminais abertos, ou sessões das mais diversas abertas e quando você precisa voltar em uma que ficou lá um tempo esperando e fechou.

Bem recentemente passei isso com um switch Brocade.

Então vamos lá, esta mudança pode ser feita on-line e sem gerar nenhum impacto.

Logar no switch via SSH ou telnet como root:

ssh root@switch01

switch01:root> timeout 90 
IDLE Timeout Changed to 90 minutes The modified IDLE Timeout will be in effect after NEXT login
switch01:root> 

Neste exemplo eu alterei para 90 minutos, mas você pode colocar um valor ainda maior.

Deixar sem um timeout, pode ser uma falha de segurança muito grande. 

Fica a dica!

Abraços.

sábado, 8 de fevereiro de 2014

LINUX - Quando um servidor foi instalado?

Bom dia pessoal.

Um tempo atrás um analista me perguntou como ele fazia para descobrir quando um servidor foi instalado.

Bem esta pergunta saiu de um problema um tanto quanto estranho.
O dono do servidor em questão afirmava que o servidor era Windows, porém como ele nunca mais precisou administrar o servidor e este ficou parado supostamente ninguém havia feito nada com ele.
Quando o dono do servidor decidiu colocá-lo novamente para funcionar e não estava mais conseguindo acesso, solicitou a verificação para este analista.
Ao colocar uma console no servidor eis que um terminal linux apareceu.

O dono do servidor deveria ter ficado era feliz :D

Mas como ele estava garantindo que não havia alterado nada no servidor o analista também dizendo que eles não haviam instalado nada no servidor, levantou-se uma questão:

- Quando este servidor foi instalado?

Segue um comando para você fazer este tipo de auditoria em servidores com Linux:

sudo dumpe2fs /dev/sda1 | grep 'Filesystem create'



















Com isso foi possível enviar ao dono do servidor e quem sabe fazer ele lembrar se nesta data ele mesmo ou alguém pode ter alterado alguma coisa.

Abraço e até a próxima!

STORAGE - EMC VMAX Family

Pessoal, bom dia.

Tudo bem?

O assunto de hoje é bem rápido e objetivo, mas que para mim no passado gerou uma certa dor de cabeça.
No parque em que eu administro temos equipamentos de storage EMC da linha VMAX e VMAXe.
Pois bem, o VMAX funcionando corretamente, com várias recursos ativos, porém por enquanto não tendo capacidade de crescimento, adquirimos a linha VMAXe.
Começamos então a fazer todas as novas ativações no VMAXe. Com o passar de algumas implantações começamos a ter algumas reclamações a nível de performance, sendo elas como lentidão, erros de I/O em ambiente virtual, latência, dentre outros.
Fazendo uma análise de performance e suspeitando do equipamento que não estava nem com metade dos clientes do outro VMAX, identificamos que as portas FA do equipamento estavam com processamento muito alto e que realmente estávamos tendo contenção de recursos no VMAXe.

Bem depois de abrirmos chamado na EMC para análise interna do VMAXe, e de ver que precisaríamos mudar parte da forma que o mesmo foi implementado, recebemos um comparativo de processamento do da família VMAX, o qual quero compartilhar com vocês.


Com este comparativo, podemos escolher o melhor equipamento quando tivermos a necessidade de comprar inclusive para confrontar o que nos está sendo oferecido pelo time de vendas.

Estou pensando em uma linha de posts referente a implantação do VMAX inclusive algumas coisas que foram importantes mudar para conseguir melhorar a performance do uso do storage como um todo e algumas práticas a serem seguidas.

Abraços!
Até a próxima.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Windows - Disk part/Gerenciador de discos

Pessoal, boa noite.

Espero que esteja tudo bem com vocês.

A dica de hoje é referente a um problema que encontrei ao fazer um expand de LUN no EMC VNX5300 e ele não habilitar no gerenciador de discos do Windows 2008 a opção de extend do disco para o Sistema Operacional.

Bem, pensando que interface gráfica é sempre cheia de problemas e que muitas vezes ela deveria fazer exatamente o que se faz na linha de comando, nem sempre isso é uma verdade e funcionar.

Neste caso, segue o procedimento que funcionou e efetuou o extend do disco no SO:

Abrir o prompt de comando:

- diskpart;
- list volumes;
- select (nome do volume);
- extend

Colocando apenas extend ele irá pegar todo o espaço disponível.

Fica a dica.

Abs

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

APPLE - Itunes - Problema com Toques

Pessoal, boa noite.

Tudo beleza?

Recentemente estava pensando em mudar o toque do meu Iphone, porém não estava querendo os toques padrões que vem nele.
Bem a solução era encontrar alguma música e fazer aquele trabalho de edição e sincronizar com os toques do Itunes/Iphone (trabalho esse que na minha opinião a Apple deveria repensar).

Bem encontrei a música, fiz a edição e para minha surpresa … Não estava conseguindo copiar para o Itunes na opção toques.
Achei que pudesse ser problema do Itunes, ou do procedimento que fiz errado na hora de editar a música, enfim, fucei de todas as formara e nada.

Procurei por atualizações do Itunes pensando ser algum problema com a versão, porém o meu Itunes já esta na versão mais atual: 11.1.4.
Mac os X 10.9.1.

Eu tenho uma biblioteca extensa no meu Itunes, contendo vários alguns, capas, grupos etc e antes de pensar em remover o Itunes e instalar novamente, vamos ao que resolveu o problema sem esse trabalho.

O problema na verdade foi que de tanta coisa (penso eu) na biblioteca o Itunes se perdeu e não tinha mais ponto de referencia do que era o que. Com os passos abaixo e com um aperto no coração (pois delatei minha biblioteca) o problema foi solucionado.

Selecione todos os itens de sua biblioteca (command+a) e deleite tudo, isso mesmo, delete tudo rsrsrs.

Clique em Itunes -> Preferências … -> Geral.
Chegando aqui nesta opção vocês escolhe tudo o que deseja visualizar/mostras no Itunes. Desmarque a opção Toques e feche o Itunes por inteiro.

Abra novamente o Itunes e vá em  Itunes -> Preferências … -> Geral e marque novamente Toques.
Feito isso é só arrastar a música que você deseja utilizar como toque que ele vai sincronizar.


Este comportamento aconteceu apenas no Itunes do Mac os, no Windows não tive este problema. Mas vou tentar fazer uma simulação do problema e se acontecer a mesma coisa eu posto se a mesma solução do Mac corrigi.